A Vigilância Sanitária informou que a vacinação contra a gripe ainda não atingiu a meta em nenhum grupo prioritário. A campanha continua em Ilha Solteira até o dia 1º de junho.

De acordo com balanço divulgado pela Vigilância, foram vacinados 68,21% dos professores, 61,98% dos idosos, 60% das mulheres que tiveram filhos recentemente e 53,22% dos profissionais de saúde. A situação é mais grave entre crianças (36,13%) e gestantes (32,39%). A meta é vacinar, no mínimo, 70% de cada grupo.

Estão sendo vacinados idosos com mais de 60 anos, trabalhadores da área de saúde e crianças entre seis meses e cinco anos de idade incompletos, gestantes, mulheres que tiveram filho recentemente (até 42 dias após o parto), doentes crônicos e professores.

A vacinação acontece na UBS 3 e nas unidades do Programa de Saúde da Família do Passeio Palmares, do Bela Vista, do Jardim Aeroporto e da zona sul.

Além de proteger contra a gripe comum, a vacina também protege contra a gripe suína (H1N1). A contraindicação da vacina é para quem tem alergia severa a ovo.

Em Ilha Solteira, a meta é vacinar mais de 6 mil pessoas. Idosos são maioria, 3630, seguido por crianças, 1209.

 

Fonte: Ilha de Notícias