O projeto Uniarte, uma ação realizada pelo Ministério da Cultura e a Brigueiro Participações e Serviços Teatrais, com patrocínio, via Lei Rouanet, da CTG Brasil – companhia de origem chinesa que opera a hidrelétrica Ilha Solteira – fará uma edição especial da Manhã Literária na próxima sexta-feira, 13. O grupo fará nova apresentação da contação de história “O Riacho dos Desejos” na Biblioteca Municipal Assis Chateuabriand, a partir das 8h30. Crianças das creches municipais irão à Biblioteca conferir o espetáculo.

“O Riacho dos Desejos” é um dos milhares de contos de origem chinesa que chegaram até o ocidente. Eles datam de 2500 anos, onde valores morais e éticos eram transmitidos oralmente em pequenas histórias do cotidiano Chinês. O conto camponês “O Riacho dos Desejos” narra a história de dois irmãos pescadores que cultivam o egoísmo e a individualidade. Com a generosidade da irmã mais nova, eles experimentarão a força do amor e da solidariedade, ao conhecer a jovem princesa dos bosques. Somente quem possui desejos bons conseguem pescar no Riacho dos Desejos.

A contação de história envolve performances misturando dança, teatro e música. No elenco estão os alunos do projeto Uniarte: Ayla Camillo, Beatriz Aranha, Brian Costa, Jhúlia Vitória Santos, João Arthur Nunes, Laura da Hora, Luana Guimarães, Lucas de Lima, Quézia Rodrigues, Rafaela Barreto e Vinicius Botácio. “O Riacho dos Desejos” tem orientação de Paulo Jordão, Melissa Nascimento, Gabriela Arriagada e Bruno Rodrigo Nogueira.

O projeto Uniarte é uma ação de formação e difusão cultural baseado nas artes integradas, tendo o teatro como mote. A ação conta com alunos bolsistas, que frequentam oficinas multidisciplinares de formação na área de teatro, música e dança, e que acontecem às terças e quintas-feiras, das 16h às 19h, no Cine Paiaguás.

AO LONGO DO ANO

As oficinas multidisciplinares oportunizarão ações de difusão da Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand, onde o projeto vem realizando edições da Manhã Literária – uma ação de ocupação artística e cultural em parceria com a Prefeitura Municipal. As apresentações contemplam crianças que estudam na rede municipal de ensino.

O projeto culmina com a montagem de um espetáculo teatral inspirado em histórias dos folclores chinês e brasileiro. As apresentações públicas e gratuitas ocorrerão, no final do ano, em Ilha Solteira e mais sete cidades vizinhas das hidrelétricas operadas pela CTG Brasil em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Santa Catarina.