A Câmara de Ilha Solteira debate e vota na sessão desta segunda-feira (21), que acontece a partir das 19h00. Dois são de autoria do prefeito Otavio Gomes (DEM) e os outros três de vereadores.
O Projeto de Lei (PL) 25/2017, de autoria do prefeito Otávio Gomes, autoriza a Prefeitura a doar para entidades, todo o material considerado inservível acumulado no pátio da administração.
A Prefeitura já tentou leiloar esses materiais por dois anos seguidos, só que não houve interessados. Por isso, agora, eles serão repassados para entidades, para que eles possam ser comercializados, garantindo recursos para essas instituições. Entre os materiais que serão doados estão sucatas de veículos e de diversos equipamentos, todos irrecuperáveis.
De acordo com a Prefeitura, além de ajudar as entidades, a proposta tem o objetivo de limpar o pátio e evitar o acúmulo de lixo, impedindo a proliferação de insetos e animais peçonhentos, inclusive aqueles que transmitem doenças, como a dengue.
Já o PL 30/2017, também de autoria de Otávio Gomes, autoriza a abertura de crédito adicional de R$ 30 mil, para o pagamento de precatórios judiciais.

Vereadores – A Câmara também votará o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 11/2017, de autoria do vereador Ricardo Casagrande (PP), que concede título de “Cidadão Ilhense” ao presidente do Grupo UNIESP e reitor da Universidade Brasil, Dr. José Fernando Pinto da Costa.
Os vereadores também votarão a concessão de duas Moções de Congratulações, ambas de autoria do vereador Eduardo Vasconcelos(PPS). A primeira (PDL 009/2017), para a Elektro, pelo desenvolvimento dos Projetos Elektro nas Escolas e Energia em Sua Vida. A segunda (PDL 10/2017), para Paulo Márcio de Alcântara, primeiro carteiro de Ilha Solteira.
A sessão poderá ser acompanhada pelo portal da Câmara (www.cmilhasolteira.sp.gov.br) pela rádio Ilha FM (104,9).